TODA VERDADE
Nesta página irei somente comentar textos difíceis que estão nas Escrituras Sagradas. Também, mostrarei aos meus leitores, outras modalidades de pensamentos que o púlpito não menciona de maneira alguma. Espero que você suporte esta mensagem, e, que sua fé seja aumentada em todos os sentidos espirituais, seja você um teólogo, seja você um crente normal. É necessário saber o que a Bíblia diz realmente e não superficialmente. É o que Paulo disse: "DEIXAR OS RUDIMENTOS DO EVANGELHO", que se encontram em Hebreus 6: 1 e 2. Assim sendo, vou começar por identificar quem é realmente Jesus Cristo.

PROVA SUFICIENTE

O nosso mundo vai acabar mesmo, quer você queira ou não. Quer você acredite ou não. Quer os teólogos e cientistas acreditem ou não. O nosso mundo vai acabar independentemente de qualquer crença. Quer você acredite na Bíblia ou não. Quer você acredite em outros escritos ou não. O nosso mundo vai acabar mesmo. Eu particularmente, gostaria que o nosso mundo não tivesse fim, mesmo sendo tão ruim como está. Mas, não depende de minha vontade e nem da sua, e, nem da vontade de ninguém, somente da vontade de Deus. Fato concreto é que Jesus veio ao mundo morreu e reviveu e prometeu voltar para terminar o seu serviço dado pelo Pai. E nesse serviço está o fim do mundo. Então, tudo já começou. Estou escrevendo porque sou um beato da Bíblia que é considerada queiramos ou não, a palavra de Deus. E nela firmo os meus conhecimentos e os prego a plenos pulmões, sem medo algum. Então vou mostrar a prova suficiente do fim do mundo nosso. Vou transcrever o texto da Bíblia que fala a respeito do fim do mundo anterior ao nosso, para depois, transcrever o texto que fala do fim do mundo nosso: 2ª de Pedro 3: 3 à 6 - 3 - tendo em conta, antes de tudo, que, nos últimos dias, virão escarnecedores com o seus escárnios, andando segundo as próprias paixões -  4 - e dizendo: Onde está a promessa da sua vinda? Porque, desde que os pais dormiram, todas as cousas permanecem como desde o princípio da criação. 5 - Porque, deliberadamente, esquecem que de longo tempo, houve céus bem como terra, a qual surgiu da água e através da água pela palavra de Deus, 6 - pela qual veio a perecer o mundo daquele tempo, afogado em água.  O mundo anterior ao nosso, não teve um casal chamado Adão e Eva, mas, sim um casal chamado Andon e Fonta. (livro de Urântia). Quanto tempo esse mundo existiu não sei. Mas, sei que existiu, pois, na época de Pedro tinham informações desse mundo. Pedro afirma que os escarnecedores esqueceram deliberadamente, isto é, por vontade própria, não davam importância às pregações do fim do mundo. Note o escárnio deles: "DESDE QUE OS PAIS DORMIRAM (MORRERAM), TODAS AS COUSAS PERMANECEM COMO DESDE O PRINCÍPIO DA CRIAÇÃO". Hoje os escárnios são diferentes. Eles são feitos não por pessoas incultas, mas, por pessoas super cultas. Quais as águas que afogaram o mundo anterior ao nosso? Gênesis 1: 2, somente a parte final: "e o Espírito de Deus pairava por sobre as águas". Não tinha uma porção seca sequer. Era o mar total ou global. A terra toda estava envolta por um lençol de água, e, o próprio Espírito de Deus, não tinha onde pairar em porção seca.  Essas são as águas que Pedro está se referindo que afogou as pessoas do mundo anterior e as matou.  Ora, nós também, estamos vendo todas as cousas como desde o princípio da criação. Tudo está como foi criado. Nada foi tirado do lugar. Só porisso não vamos acreditar que o nosso mundo não vai acabar. Somos ou não somos mais inteligentes do que os que já morreram? A nossa ciência não é a mais deslumbrante? Não estamos dominando o espaço? Isso demonstra o quanto somos mais inteligentes do que o passado, no entanto, eles tinham informação do fim do mundo anterior ao nosso. E nós duvidamos que o nosso mundo vai um dia acabar. Para Deus fazer aparecer a porção seca, foi preciso elevar 1/3 das águas que cobriam toda a terrra, para o firmamento, e 2/3 ficou aqui em baixo, que são os mares. Pois bem, basta de falar do passado, e, vamos falar de nós. Eis o texto biblico que fala sobre o fim do nosso mundo: 2ª de Pedro 3: 7 à 10 - 7 - Ora, os céus que agora existem  e a terra, pela mesma palavra, têm sido entesourados para fogo, estando reservados para o Dia do Juízo e destruição dos homens ímpios. 8 - Há, todavia, uma cousa, amados, que não deveis esquecer: que, para o Senhor, um dia é como mil anos, e mil anos, como um dia. 9 - Não retarda o Senhor a sua promessa, como alguns a julgam demorada; pelo contrário, ele é longânimo para convosco, não querendo que nenhum pereça, senão que todos cheguem ao arrependimento. 10 - Virá, entretanto, como ladrão, o Dia do Senhor, no qual os céus passarão com estrepitoso estrondo, e os elementos se desfarão abrasados; também a terra e as obras que nela existem serão atingidas. Pedro continua alertando as pessoas dizendo que os céus e a terra que estamos neles existindo, estão entesourados. Um tesouro é muito bem guardado para que ninguém roube, e, Deus guardou muito bem eles para o dia do juízo. Depois, ele salienta que o período que temos que esperar é bastante longo, considerando desde a época dele até que chegue o fim do mundo, comparando o dia de Deus que é de mil anos. Isto está narrado no Salmos 90: 4, e, o período todo está narrado em Oséias 6: 1 e 2. Findo esse período o nosso mundo irá acabar mesmo, pois Deus nunca falhou. Se você não acredita, fique em cima do muro. Se você acredita, se prepare, pois, o tempo está findando.
São Paulo, 29/12/2023
Rev.Jonatas Chiprauski.


ISTO É COM VOCÊ
O trasladamento (ou arrebatamento), está muito perto. Logo vai chegar o dia. Para começar o toque das trombetas faltam 4 anos. Esses 4 anos passam muito depressa. E é nas trombetas que se dará o traladamento dos verdadeiros cristãos, os quais foram selados pelo anjo do Senhor na quinta trombeta. (EXPLICAÇÃO: TRASLADAMENTO E ARREBATAM,ENTO - Trasladamento é transportar a pessoa em corpo espiritual. Arrebatamento é transportar a pessoa no mesmo corpo que ela esta).
Você está preparado (a) para subir para o céu? Pois bem, vamos primeiro ver quem somos. A NOSSA CRIAÇÃO. Gênesis 1: 26 - "Também disse Deus: Façamos o homem à nossa imagem, conforme a nossa semelhança". A menção deste texto é que o ser humano foi criado em um corpo. Neste corpo o homem pertence ao reino animal. Simplesmente corpo e alma, nada mais. Portanto, se o pecado tivesse entrado no mundo nesta época, não precisaria de salvação e nem Cristo morrer na cruz no Calvário. Por que? Porque o homem neste período ainda não tinha o espírito de vida. Se a morte entrasse nesse período no ser humano, ele ( o ser humano) acabaria na morte, tais como todos os demais animais acabam na morte, e, não exitem mais. Mas, há um porém. E esse porém, está narrado em Gênesis 2: 7 - "Então, formou o Senhor Deus ao homem do pó da terra e lhe soprou nas narinas o folêgo de vida, e o homem passou a ser alma vivente". O porém é o folêgo de vida que Deus soprou no nariz do ser humano. Agora, o ser humano é ser vivente.  Como o pecado entrou no ser humano nesta época em que ele se tornou ser vivente, então, é super necessário a morte de Jesus na cruz do Calvário. E, somente Jesus pode dar a salvação para o ser humano. Não adianta pedir para o Pai a salvação, pois, Ele(o Pai) já deu através de Jesus e somente através de Jesus. Nada mais. Agora, quando o ser humano morre é diferente de qualquer animal irracional, pois o ser humano passou de irracionasl para animal racional. Essa razão é que nos dá o direito de escolher o nosso caminho aqui na terra, se queremos ou não ser discípulos de Jesus Cristo, fazendo o que ele manda e guardando os seus mandamentos e nos santificando para podermos alcançar a vida eterna. O ser humano ao se tornar alma vivente precisa de ressurreição, e, todos os demais animais não precisam de ressurreição, pois, acaba tudo na morte para eles. Então, fica à frente do ser humano dois caminhos: Primeiro caminho - Não aceitar Jesus como salvador e ir para o inferno; Segundo caminho - Aceitar Jesus como único e suficiente salvador de sua vida e guardar os seus mandamentos e, receber dele a vida eterna. Em um deles você já está colocado, não temos escolha, a escolha é feita após a nossa razão funcionar. Não tem outra solução. Ou se salva ou se perde. Somente há essas duas soluções. Nada mais. Se você for para o inferno, você volta a ser animal irracional e irá sofrer no corpo e na alma os erros que você cometeu aqui na terra, pois, o espírito será tirado de você, como está escrito em Eclesiastes 12 : 7 - "e o pó volte a terra, como o era, e o espírito volte a Deus, que o deu". No inferno a dor será muito grande porque Deus nunca mais se lembrará de você. Se você escolher a salvação, existe parâmetros para você realizar todos os dias de sua vida. É necessário nascer de novo conforme Jesus falou no evangelho de João 3: 1 para NIcodemos. E somente na hora de sua morte, você será registrado no livro da vida do Cordeiro. Você terá que viver fiel a Cristo toda sua vida. Não pode ser uns poucos dias, ou ir até faltando umas poucas horas para sua morte, tem que ser até o fim que é a sua morte. Você tem que morrer acreditando que será salvo por Jesus, e, isso Ele fará com muita satisfação e registrará seu nome no livro da vida do Cordeiro. Bem, vou parar por aqui e fazer um pedido para você que quer ser salvo. É o seguinte: Que você peça a cinco amigos ou parentes seu para ler minha home page e se ele aceitar Jesus como seu salvador, você lucrará galardão que Jesus haverá de dar aos trabalhadores, e, nós estaremos trabalhando para Jesus, eu e você.
Muito obrigado.
Reverendo Jonatas Chiprauski
SP.13/12/2023


UM NOVO E VIVO CAMINHO

HEBREUS 10:20

Jesus Cristo quando expirou na cruz no Calvário, começou a trabalhar. O seu primeiro traballho foi ir ao templo judeu e rasgar o véu que separava o Santo dos Santos, do lugar santo, sendo que esse véu era a sua própria carne. Ele agora inicia o novo e vivo caminho da salvação para todos os que creem e permanecem firmes na crença até o fim. Para aqueles que guardam os seus mandamentos e os praticam.  Fora desse caminho ficam os covardes, aqueles que dizem que creem em Jesus, mas, não executam os seus mandamentos, conforme está escrito em Apocalípse 21:8. Todos os cristãos teem que começar por esse novo e vivo caminho e caminhar com Jesus Cristo até o fim. Esse é o novo nascimento que Jesus falou para Nicodemos em João 3, sem esse novo nascimento e andamento no novo e vivo caminho, nenhum cristão irá para o céu. Razão pela qual Paulo insiste com os cristãos: Hebreus 10:19 - "TENDO, POIS, INTREPIDEZ PARA ENTRAR NO SANTO DOS SANTOS, PELO SANGUE DE JESUS". Eis o que é intrepidez: Coragem, ânimo, arrojo, audácia, bravura, brio, decisão, denodo. É isso que você tem que ter como cristão verdadeiro, para caminhar esse caminho seguindo os passos de Jesus. Mas, esse caminho tem prazo de validade, e, esse prazo vai desde pentecostes até o dia 21/08/2031 quando Jesus virá buscar o restante do seu corpo que ainda está na terra, através do trasladamento na sétima trombeta. Terminado este período, não se tem mais direito algum de andar nesse novo e vivo caminho feito por Jesus Cristo. Quando esse caminho terminar, e, todo o corpo de Jesus Cristo, estiver no céu, e também, terminado o milênio, iremos construir a Jerusalém Celeste. Ela é completa e no centro dela estará o trono de Deus Pai, que estando no Filho eterno, reinará para sempre. Nela não há os lugares: Santo que é o lugar onde os sacrifícios que os sacerdotes faziam e o Santo dos Santos, pois, o sacrifício de Jesus foi completo e completamente aceito por Deus o Pai. 

São Paulo, 20/02/2024

Reverendo Jonatas Chiprauski.

UM ENIGMA DESVENDADO

Como é bom conhecer os tempos e épocas descritos nas Escrituras Sagradas (Bíblia). Sem esses conhecimentos as Escrituras Sagradas (Bíblia), é um livro selado e as ações de Deus para com o ser humano em pecado, nunca terá fim. O enigma que nos referimos são os Capitulos 20: 7  até o capítulo 22: 5 de Apocalipse. Esse trecho da palavra de Deus, somente os versículos 7 à 10, serão feitos aqui na terra, mas, do 11 em diante até o 22: 5 são na eternidade. Vamos compreendê-los então: 20: 7 à 10 - Quando, porém, se completarem os mil anos (um milênio), Satanás será solto da sua prisão e sairá a seduzir as nações que há nos quatro cantos da terra, Gogue e Magogue, a fim de reuní-las para a peleja. O número dessas é como a areia do mar. Marcharam, então, pela superfície da terra e sitiaram o acampamento dos santos e a cidade querida, desceu, porém, fogo do céu e os consumiu. O diabo, o sedutor deles, foi lançado para dentro do lago de fogo e enxofre, onde já se encontram não só a besta como também o falso profeta; e serão atormentados de dia e de noite, pelos séculos dos séculos. 

COMENTÁRIO - Versículo 7 - Os mil anos que se findou, é o milênio de Jesus Cristo, na liderança do reino milenar e a ressurreição dos judeus para reinarem com ele esses mil anos. Os judeus foram ressuscitados no ínicio, conforme esta narrado em Daniel 12:11 e 12.  A ressurreição se deu nos 45 dias somados aos 1.290 dias citados nesses versículos de Daniel, que dá 1.335 dias. Todos foram julgados conforme está escrito em Mateus 25: 31 à 46. Versiculo 8 e 9 - Sairá a seduzir. Acontece que os seres humanos no período de mil anos não tiveram tentador porque ele estava preso, e, o uníco pecado que existiu nessa época está descrito em Zacarias 13: 2 que é o de profetizar, pois, Jesus é O Profeta e está devidamente presente. A sedução que Satanás fará entrar na humanidade é de que Jesus não é o Filho de Deus, ele é somente um impostor, e, a humanidade acreditará em Satanás. Esse período será de um ano mais ou menos. Isso é necessário devido que será nesse período que o mundo vai acabar. Como todos os seres humanos têm que cumpir a lei de Deus quanto ao corpo, e, a lei diz: Tu é pó e ao pó tornarás, nenhum ser humano escapa dessa lei, pois, nem Jesus escapou, só que Jesus não teve pecado, mas, todos os demais seres humanos têm pecado, porisso precisarão morrer. É intressante notar que todos os seres humanos existentes na terra somaram voz a Satanás e começaram a caminhar para se reunirem  em um só exército na cidade de Jerusalém, sede central do reino milenar de Jesus Cristo. Versículo 10 - O diabo. Veja que está grafado em letra minúscula a palavra diabo, isto porque é uma entidade. Notem que quem foi solto da prisão foi somente Satanás, mas, agora, está falando em diabo que é o sedutor da humanidade. A entidade diabo é: Caligástia e Daligástia, que somam a Satanás. É nesse momento que ultima o fim do versículo 9, que desceu fogo do céu e consumiu a humanidade toda. O sistema solar pegará fogo até o terceiro céu, e, assim ficará por muitos milênios ardendo em fogo. 

Apocalipse 20: 11 à 15 - 11- Ví um grande trono branco e aquele que nele se assenta, de cuja presença fugiram a terra e o céu, e não se achou lugar para eles, 12 -- vi também os mortos, os grandes e os pequenos, postos em pé diante do trono. Então, se abriram livros. Ainda outro livro, o livro da vida, foi aberto. E os mortos foram julgados, segundo as suas obras, conforme o que se achava escrito nos livros. 13 - Deu o mar os seus mortos que nele estavam. A morte e o além entregaram os mortos que neles havia. E foram julgados, um por um, segundo as suas obras. 14 - Então, a morte e o inferno foram lançados para dentro do lago de fogo. Esta é a segunda morte, o lago de fogo. 15 - E, se alguém não foi achado inscrito no livro da vida, esse foi lançado para dentro do lago de fogo.

COMENTÁRIO: 11 e 12 - Para um julgamento, precisa ter algumas formalidades, as quais são: Juíz, corpo de jurados. ( os advogados não existirão, tanto o de acusação como o de defesa, pois, Jesus é tudo isso e muito mais), mas, haverá mais um assento nesse tribunal, porisso é um grande trono. É o trono do Ancião dos dias. Assim fica completo o trono branco.  (Daniel 7:13). Quanto a terra e os céus terem fugido da presença de Jesus e de Deus, é porque esse trono está localizado no quarto céu, muito, mas muito distante do primeiro céu onte está localizado a terra que está em fogo. Todos os mortos estarão presentes diante do trono branco. A Bíblia narra que houve um mundo antes do nosso (2ª de Pedro 3: 4 à 6), eles também, estarão presentes para julgamento de seus atos. É interessante notar: Grandes e pequenos. Grande são as pessoas adultas e pequernos são as crianças. Os lívros abertos são: 1° - Livro de nascimento e morte (Salmos 139); 2° -- Livro das obras (Apocalipse 20:12) e o livro da vida do Cordeiro (Apocalipse 21: 27). Nele estarão todos os atos de nossa vida, desde o nascimento até o dia de nossa morte. Será um "video-tape" de nossa vida, portanto não poderemos de maneira alguma argumentar sobre nossos atos diante de Jesus que está sentado no trono branco. Nem todas as pessoas serão julgadas, pois, algumas delas já foram julgadas, e, receberam o que foi proposto por Jesus. Tirando essas pessoas, todas as demais serão julgadas uma a uma. Esse julgamento deverá durar pelo menos por um milênio, se considerarmos que o julgamento de cada pessoa dure meia hora, porque serão trilhões de pessoas. 13 e 14 - Os retentores dos mortos: O mar, a morte e o inferno. Se você for um grande estudioso, notará que em Gênesis 1, está narrado sobre o mar global, quando diz que as águas que o Espírito de Deus pairava sobre elas. Essas águas é que afogaram as pessoas existentes do mundo anterior ao nosso. De tanto que os mares que hoje existem é uma continuação daquelas águas, pois, Jesus separou um terço para as águas de cima ( as nuvens) e dois terços ficaram aqui em nossa terra. A morte foi vencida quando Jesus morreu e desceu ao Hades (Efésios 4: 8 à 11), e o inferno é o lugar de sofrimento, que antecede o lago de fogo e enxofre onde o sofrimento é sem comparação. Vejam que o inferno, onde as pessas sofrem como o rico que desdenhava de Lázaro, estava e pedia misericórdia a Abraão. Porque o livro da vida foi aberto neste tribunal? Ele não foi criado antes da fundação do mundo? Foi. A razão é que os descendentes de Abraão, isto é, os judeus, eles são registrados no livro da vida, somente porque são descendentes de Abraão, e, eles podem ou não acreditarem em Jesus como seu suficiente salvador. Caso que, se não acreditarem em Jesus como seu salvador é o que está escrito erm João 3: 16 - já está condenado, então eles serão riscados do livro da vida do Cordeiro. Todos os judeus e somente os judeus que não creram em Jesus foram riscados do livro da vida, os gentios somente são inscritos no livro da vida, na ocasião de sua morte, e, é porisso que Salmos 16: 15 diz que Deus o Pai tem prazer na morte de seus filhos, e, portanto, não são riscados do livro da vida do Cordeiro, nunca, pois, já passaram da morte para a vida. 15 - Não vou dizer totalmente sobre esse versículo, porque é bater em ferro frio, mas, apenas direi que a imagem da besta não está inscrita no livro da vida, e, portanto será lançada no lago de fogo que arde com enxofre a segunda morte.

Quanto ao capítulo 21 e seus versículos estão plenamente narrados e explicados no parágrafo: EIS QUE FAÇO NOVAS TODAS AS COUSAS, logo mais abaixo.

Capítulo 22: 1 à 5 - 1 - Então, me mostrou o rio da água da vida, brilhante como cristal, que sai do trono de Deus e do Cordeiro. 2 - No meio da praça, de uma e outra margem do rio, está a árvore da vida, que produz doze frutos, dando o seu fruto de mês em mês, e as folhas da árvore são para a cura dos povos. 3 - Nunca mais haverá qualquer maldição. Nela, estará o trono de Deus e do Cordeiro. Os seus servos o servirão, 4 - contemplarão a sua face, e na sua fronte está o nome dele. 5 Então, já não haverá noite, nem precisão eles de luz de candeia, nem da luz do sol, porque o Senhor Deus brilhará sobre eles, e reinarão pelos séculos dos séculos. 

COMENTÁRIO: 1 e 2 - O rio da água da vida sai exatamente de debaixo do trono de Deus e do Cordeiro, e, sua água é tão limpida que parece um cristal de primeira grandeza. Essa água servirá para regar a árvore da vida para que ela dê os frutos de mês em mês. Notem que o tempo no céu onde está assentado o trono de Deus e do  Cordeiro é medido por mês tal como o nosso termpo em nosso mundo é medido por mês. Os habitantes do céu, comerão os frutos da árvore, cada um no mês de seu nascimento. Exemplo: Os nascidos em janeiro, comerão o fruto que a árvore der no mês de janeiro, e, assim sucessivamente até o mês de dezembro. No ano seguinte começará tudo de novo. As folhas servirão para remédio, e, se farão chá delas e será trazido pelos anjos para a terrra e todas as pessoas da terra tomarão esse chá. Esse chá é para que a pessoa fique sempre com energia, e, supere todas as dificuldades do corpo humano. 3 e 4 - Não haverá mais maldição sobre a terra, nos novos céus e nova terra que Deus agora criou. A nossa terra é amaldiçoada por causa do feito de Adão e Eva e Deus está dizendo que isso ele não fará mais, nunca. Nós serviremos a Deus e o Cordeiro com os nossos trabalhos e teremos o mais rico e único privilegio de comtemplar a face de Deus e não morreremos, pois, agora, somos deuses tal qual Jesus é. Hoje Deus disse a Moisés, ninguém pode contemplar a minha face e ficar vivo. Traremos o selo de propriedade de nosso Deus que é o nome dele em nossa face. Em todo lugar que formos, todos verão que somos propriedade esclusiva de Deus. 5 - Lá não haverá noite. Não haverá a luz do sol que nos dá o dia. Lá o dia é intermitente, pois, é o próprio Deus que brilhará sobre nós. (Apocalipse 21: 23). Até chegar o Apocalipse 22: 1 à 5, o trabalho de Jesus Cristo juntamente conosco, levará mais ou menos 1.500.000 (um milhão e quinhentos mil anos terrestre).

São Paulo, 26/12/2023

Rev. Jonatas Chiprauski

quem é REALMENTE JESUS CRISTO
O ser humano por si só, para entender qualquer coisa, ele precisa que haja um COMEÇO e um FIM. Razão pela qual ele não entende quem é Deus, porque Deus é Eterno. Sem começo e nem fim, segundo o pensamento humano. Na eternidade Deus resolveu, se assim podemos dizer, criar um filho. Esse Filho que Ele criou na eternidade, não chamou de Jesus Cristo, mas, para nossa compreensão chamaremos esse filho de: FILHO ETERNO. Esse filho é a segunda pessoa da trindade e não Jesus Cristo o filho do homem. Deus agora é Pai, pois criou um Filho, e, assim constituiu uma família. Há vários tipos de nascimento conforme está narrado no evangelho de João Capítulo 1: 13, assim: "os quais não nasceram do sangue, nem da vontade da carne, nem da vontade do homem, mas (da vontade) de Deus". Desses nascimentos eu coheço quatro, os quais passo a enumerá-los: Primeiro: O SEXO ENTRE UM HOMEM E UMA MULHER; normal; Segundo: BARRIGA DE ALUGUEL, vontade do homem; Terceiro: IN VITRO, Ciência; e, quarto: DA VONTADE DE DEUS. Da vontade de Deus, o nascimento é pelo poder da palavra. Jesus Cristo nasceu da vontade de Deus, portanto, pelo poder da palavra. Como nasceu Jesus? Eis o que está escrito em Hebreus 10: 5 - "POR ISSO, AO ENTRAR NO MUNDO, DIZ:  SACRIFÍCIO E OFERTA NÃO QUISESTE;  ANTES, UM CORPO ME FORMASTE".  Esse corpo que Deus formou para Jesus Cristo é o corpo do pecado,  e, por isso se fez pecado por nós, conforme está em Gálatas 3: 13.  Jesus nesse corpo tem que morrer, porque esse corpo, que é o corpo humano, tem um decreto de Deus que está narrado em Gênesis 3:19, e, outro que está narrado em Hebreus 9: 27. Jesus viveu nesse corpo durante 35 anos, 7 meses e 18 dias e morreu no dia 9/04/0036 da era cristã. Esse corpo de Jesus de Nazaré virou pó, conforme a primeira lei que está em Gênesis, e, o que saiu da sepultura foi o Filho Eterno de Deus, pois, houve uma incorporação do Filho Eterno de Deus nesse corpo que Deus criou para Ele. (Jesus). Portanto, Jesus Cristo é o corpo que Deus o Pai criou para que Jesus pudesse morrer na cruz no Calvário.  Acontece que o Espírito que estava nese corpo criado por Deus o Pai, era o Espírito do Filho Eterno, pois Deus o Pai é Espírito, e, o Filho Eterno por Ele criado é também Espírito, porisso precisa de um corpo para se revelar aos seres humanos. Após a cruz, Deus o Pai criou um espírito para Jesus de Nazaré, e, Jesus de Nazaré galgou o maior posto do universo, e, se tornou Deus Onipotente, isto é todo poderoso. De tanto, ao sair da sepultura Jesus de Nazaré, estava em outro corpo conforme está escrito: 2ª de Coríntios 15: 44 (ler). Esse outro corpo é o espiritual. Esse outro corpo que Jesus de Nazaré recebeu é o corpo do novo nascimento, pois, cada nascimento exige o seu corpo. Todo ser humano crente em Jesus de Nazaré irá receber esse corpo, se tiver galardão e será Deus Onipotente como Jesus de Nazaré, razão pela qual está escrito em 2ª de Coríntios 15: 19 - "Se a nossa esperança em Cristo se limita apenas a esta vida, somos os mais infelizes de todos os homens".
Feita está explicação, agora, podemos comentar sobre Hebreus.

JESUS É: ONIPOTENTE, ONICIENTE E ONIPRESENTE

Vamos derrubar de vez a idéia de que Jesus não sabe o dia e a hora de sua volta para a terra, conforme está escrito em Mateus 24: 36 - "Mas a respeito daquele dia e hora ninguém sabe, nem os anjos do céus, nem o Filho, senão o Pai". Essas palavras de Jesus, foram ditas por ele, antes de sua morte, e, nesse momento ele não sabia mesmo o dia e hora de seu retorno para a terra. Mas, o Pai sabia e Jesus isso enfatizou. Mas, depois de sua morte e ressurreição ele afirmou: Mateus 28: 18 - "...Toda autoridade me foi dada no céu e na terra". Então, agora, firmado neste último versículo, podemos definir as três palavras do título.
ONIPOTENTE - Que tudo pode; todo-poderoso;
ONICIENTE - Que tem saber absoluto, pleno. Que tem conhecimento infinito sobre todas as coisas.
ONIPRESENTE - Que está presente em todos os lugares, em todas as partes. Obíquo.
A Bíblia é a palavra de Deus, ela é dinâmica e sempre se renovando automáticamente, portanto não podemos ficar presos em versículos que se tornaram história, mas, sempre ir para frente. Ora, você não pode negar de maneira alguma que Jesus é: Onipotente, Oniciente e Onipresente, porque do contrário voce estará negando a própria Bíblia como sendo a palavra de Deus. A partir da sua ressurreição e assunção ao Pai, ele recebeu do Pai, toda a instrução que lhe faltava e portanto, Deus deu a ele o texto do livro do Apocalipse para que ele pudesse nos mostrar, exatamente tudo o que irá acontecer no período que ele está no céu conduzindo todas as coisas, e, as futuras que irão acontecer aqui na terra. Portanto, ele sabe o dia e a hora de seu regresso para a terra, bem como, o dia e a hora do trasladamento dos cristãos para o céus, e, cada período da história que ele está dirigindo.
Há hoje em todo o mundo, quatro raças humanas de cor, porisso, há quatro cavaleiros no Apocalipse.
Primeira raça - branca - representada pelo continente europeu ou eurásia. Deste continente saiu o cavalo branco e seu cavaleiro é Jesus Cristo o supremo vencedor de todas as coisas. Sua missão: "Ide, portanto, por todo o mundo e pregai o evangelho a toda a criatura, e, aquele que crer e for batizado será salvo". Para realizar a tarefa do ide, Jesus criou sete igrejas ou tipos de crentes nele, as quais são: Éfeso, Esmírna, Pérgamo. Tiatira, Sardes, Filadélfia e Laodicèia. Tempo de ação: 21/08/0031 da era cristã até o dia 21/08/2031 para as quatro primeiras igrejas ou tipos de cristãos. Para as três últimas: 21/08/0031 da era cristã até 13/06/2039. Depois continua eternamente, mas, de forma diferente.
Segunda raça - vermelha - representada pela Rússia, EUA e outros. A esse cavaleiro foi dado tirar a paz do mundo, para que os homens se matassem uns aos outros. Tempo de ação: 21/08/0031 da era cristã até 19/06/2032.
Terceira raça - Preta - representada pelo continente africano. A esse cavaleiro foi dito: Uma medida de trigo por um denário; três medidas de cevada por um denário; e não danifiques o azeite e o vinho. Tempo de ação: 21/08/0031 da era cristã até 13/06/2039.
Quarta raça - Amarela - representada pelo continente asiático. O cavaleiro amarelo é a própria morte, e, lhe foi dado poder de matar a quarta parte da população da terra, pelas armas, pela fome, por desastres e com as feras da terra. Tempo de ação: 21/08/0031 da era cristã até 13/06/2039.
No início da civilização, eram sete cores das raças, mas, devido as guerras, três cores foram eliminadas para sempre.
Hoje dia 16/01/2024.
Rev.Jonatas Chiprauski.

EXPRESSÃO EXATA DO SEU SEr

Em Hebreus 1:2 e 3 está escrito assim: "Nestes últimos dias, nos falou pelo Filho (Filho Eterno), a quem constituiu herdeiro de todas as cousas, pelo qual também fez o universo. Ele que é o resplendor da glória e a expressão exata do seu Ser, sustentando todas as cousas pela palavra do seu poder, depois de ter feito a purificação dos pecados, assentou-se à direita da Majestade , nas alturas".  COMENTÁRIO: Últimos dias - Começa com o nascimento de Jesus Cristo no dia 21/08/0001 (domingo) da era cristã e vai até o fim do mundo. O Filho Eterno nasceu do próprio Pai somente, portanto Ele (filho Eterno) é realmente a expressão exata do ser de Deus o Pai. O Filho Eterno possui todas as cousas, pois, o Pai O Constituiu herdeiro de todas as cousas. Também fez o universo - O nosso universo é chamado de NÉBADON. Quem o fez foi o Filho Eterno e não Jesus. O nosso universo tem dez milhões de planetas habitados. (Livro de Urântia - Documento 7). Expressão exata do seu Ser - Todo ser humano nasce com a seguinte expressão: 50% do pai e 50% da mãe, seja ele homem ou mulher, o nascimento é assim. O exame de cariótipo demonstra que 23 cromossomos é da mãe e 23 cromossomos é do pai. Como o Filho Eterno, nasceu unicamente do Pai, Ele tem a expressão de 100% do Pai. Isso quer dizer que Ele é a expressão exata da pessoa do Pai. Por isso, com muita propriedade Jesus de Nazaré, que tem a incorporação do Filho Eterno, disse a Filipe: Filipe quem vê a mim vê o Pai. Na Bíblia está escrito: João 1: 18 - "Ninguém jamais viu a Deus; O Deus unigênito, que está no seio do Pai, é quem o revelou". O verbo revelar é: MOSTRAR. Jesus disse: Quem vê a mim vê o Pai. (Nós não temos o costume de dizer?: "NOSSA COMO ELE SE PARECE COM O PAI DELE?". É isso que Jesus está dizendo a Filipe. Jesus se parece totalmente com o Pai, mas, não era o Pai que estava falando com Filipe. O restante dos versículos, tais como, "as mesmas obras e o que eu falo", é por causa da plena comunhão que ele tinha com o Pai.

O FILHO ETERNO

O Filho Eterno de Deus, é o primeiro filho.  Eis o que está escrito em Hebreus 1:  6 - " E, NOVAMENTE, AO INTRODUZIR O PRIMOGÊNITO NO MUNDO, DIZ:". A palavra primogênito é assim definida: "PRIMOGÊNITO É UMA PALAVRA  QUE DERIVA DO LATIM "PRIMOGENITUS" COMPOSTA POR DUAS PALAVRAS - PRIMUS MAIS GENITUS. PRIMUS QUER DIZER "PRIMEIRO" "O QUE VEIO ANTES DE TODOS" E GENITUS, QUE QUER DIZER "GERADO". ASSIM, O SIGNIFICADO DE PRIMOGÊNITO SERIA: "AQUELE QUE FOI GERADO ANTES DE TODOS". Esse filho, Deus o Pai constituiu herdeiro de toda a criação, conforme Hebreus 1: 2 - "...a quem constituiu herdeiro de todas as cousas...". Esse Filho é o príncipe regente, pois, o Pai é o Rei, e o será para sempre, eternamente.

A CRUZ NO CALVÁRIO
Na cruz no Calvário antes de morrer, Jesus disse: João 19: 30 - "...está consumado...". O que está consumado. Está consumado: Primeiro - A destituição de Lúcifer e seus companheiros; segundo - Eliminação total do pecado original; terceiro - Colocada a vida eterna; quarto - Eternidade sem pecado e sem possibilidade de pecar; quinto - Extinção completa da primeira morte. Como o Filho Eterno é uma encarnação no corpo que Deus o Pai fez para Ele (Filho Eterno), foi esse corpo que foi para a sepultura e não o Filho Eterno. Nunca a criatura pode matar o criador, e é o caso do Filho Eterno. Ele é o criador da morte. Então para onde foi o Filho Eterno? Eis o que está escrito em Primeira de Pedro 3: 19 - "no qual também foi e pregou aos espíritos em prisão". Mas, você pode argumentar: "Mas, está escrito que Jesus foi em espírito pregar aos prisioneiros da morte". Claro, é isso mesmo, Jesus de Nazaré é agora Deus Todo-Poderoso, só não é criador dos céus e da terra, o criador dos céus e da terra é o Filho Eterno conforme está em Hebreus capítulo primeiro. Jesus foi para o Hades para ressucitar a todos lá prisioneiros da primeira morte que é aliada de Satanás. A ressurreição foi feita desde Abraão até o ladrão que morreu na cruz como Jesus havia morrido. Jesus se tornou tão poderoso que o Livro de Apocalipse é dado a Ele pelo Pai, para que ele pudesse mostrar aos seus seguidores o poder recebido para exercer todas as atividades da cruz para a eternidade. Temos um grande exemplo na Bíblia, de uma outra pessoa celestial que fez corpo para sí, para viver aqui na terra, ei-la: Gênesis 14: 18 à 20 - "Melquisedeque, rei de Salém, trouxe pão e vinho, era sacerdote do Deus Altíssimo; abençoou ele a Abrão e disse: Bendito seja Abrão pelo Deus Altíssimo, que possui os céus e a terra; e bendito seja o Deus Altíssimo, que entregou os teus adversários nas tuas mãos". Esse Melquisedeque fez um corpo para sí e viveu aqui na terra 95 anos. Quando o corpo envelheceu, ele simplesmente fez virar pó e foi embora para os céus, para um planeta chamado: MELQUISEDEQUE. Só que no caso de Melquisedeque, foi somente dele, mas, no caso de Jesus, a incorporação que é o nascimento de Maria, é, um pouco diferente, e, por isso o corpo que Deus o Pai fez para o Filho Eterno começou desde o líquido e foi até estado normal adulto. Esse corpo como já dissemos, durou 35 anos 7 meses e 18 dias aqui na terra, e, a continuidade desses atos não são mais de Jesus de Nazaré, mas, sim do Filho Eterno que estava nesse corpo. Sei muito bem que é muito difícil de compeender isso, mas, essa é a pura verdade. Pode notar que no livro do Apocalipse o nome Jesus, somente vai aparecer no Capítulo 22 versículo 16, para dizer que é Ele (Jesus) que está mandando escrever o livro. E isso ocorreu no primeiro século da era cristã. Você ainda pode argumentar: A Jesus foi dado todo o poder nos céus e na terra, e, foi Ele mesmo quem disse isso. Claro. Mas, o corpo não fala, o que fala é o que está dentro do corpo. Mais, ainda, você pode argumentar: Você está partindo para outras religiões as quais são apócrifas. Não, não estou agindo assim, estou agindo somente pela BÍBLIA, pois, sou presbiteriano desde o meu nascimento e não abro mão disso. Isso tudo está no livro de Hebreus que Paulo Escreveu. Além do mais na cruz no calvário quem morreu foi o corpo que Deus o Pai preparou para o Filho Eterno, porque o Filho Eterno não morre por ser o criador da primeira morte. Assim, o corpo chamado de Jesus de Nazaré ou o Filho do homem, como o chamavam é que morreu na cruz no calvário. O sangue e a água que sairam quando o corpo foi lancetado, foi de Jesus de Nazaré. Desceram ao Hades que é o lugar dos mortos daquela época, Jesus o Filho do homem e o Filho Eterno, conforme está escrito na 1ª epístola de Pedro 3: 19 e 20. Levou todos o cativos da morte para os céus, conforme está escrito em Efésios 4: 8 à 11. Mais ainda, o corpo que Deus o Pai fez para que o Filho Eterno pudesse vir ao mundo, e, que levou o nome de Jesus, esse corpo é a representação da lei cerimonial do Velho Testamento. Todos os atos praticados pelos sacerdotes para remissão de pecados, são válidos e tira mesmo os pecados do povo. O pecado é perdoado pela cerimonia efetuada. Mas, somente os pecados fora do corpo. A lei cerimonial é certamente eficaz para tirar os pecados fora do corpo tão-somente, para os pecados dentro do corpo a lei cerimonial é totalmemte ineficaz.  Deus então, criou o corpo que leva o nome Jesus, para tirar o pecado de dentro do corpo, que são os pecados sexuais. Todos eles.

A CEIA DO SENHOR
Pois bem, para finalizar esse assunto, vou tratar da Ceia do Senhor, que é o novo nascimento que Jesus falou a Nicodemos e é o nascimento feito pela vontade de Deus. Hoje nós tomamos a ceia em memória, por que foi o mandamento de Jesus para que isso fizessemos. Então, desde o primeiro século da era cristã e até o dia 21/08/2031, dia esse que espero, seja o trasladamento dos cristãos, tomaremos a ceia em memória. Mas, acontece que terá uma última ceia. Essa última ceia não será aqui na terra, ela será efetuada no céu, e, é Jesus mesmo que irá distribuir essa ceia. (Obs. Estou falando em nome de Jesus, para a devida comprenção aqui na terra, mas, a distribuição dos elementos sertá feita pelo Filho Eterno). Nota o que está escrito em Mateus 26: 29 - "E digo-vos que, desta hora em diante, não beberei deste fruto da videira, até aquele dia em que o hei de beber, NOVO, convosco no reino de meu Pai". Esse novo, tem uma conotação muito forte. Hoje nós tomamos a ceia em memória e na verdade não acontece muita coisa na nossa vida, mas, somente nos acorda para vermos que situação está a nossa vida em relação ao evangelho e ao nosso próximo. Porém, não será assim na última ceia. Ela será consubistanciada, isto é, ela modificará totalmente o nosso ser. Essa mudança começará por um julgamento de todos os cristãos, no tribunal de Cristo, que está narrado em 1ª de Coríntios 3: 10 até 17. Nesse tribunal o julgamento não é de condenação, mas, é de verificação. Se a pessoa tiver um galardão ela irá participar da última ceia. Se ela não tiver galardão, ela será salva e terá a vida eterna, mas, não será modificada. Qual essa modificação. É que os que têm galardão, serão deuses, conforme está narrado no Salmos 82: 6 e 7 e Jesus confirmou em João 10: 34. Quando os galardoados comerem o pão, o corpo que eles terão será igualzinho o corpo de Jesus ressurreto, por que Ele também tomará essa ceia. E quando tomarem o vinho o sangue que correrá nas veias dos galardoados será igualzinho o de Jesus, e, todos, Jesus e os galardoados serão deuses. Veja o que está escrito em Hebreus 2: 14, é isto que nos dá o direito de sermos deuses. Razão pela qual em Apocalipse 22:4 diz que o nome de Deus o Pai estará na fronte de cada um deles.
RESSALVA: Eu disse acima, que a ceia será consubstanciada. Isso será mesmo, mas, os elementos da consubstaciação, será mudado, porisso a palavra NOVO. O Corpo de Jesus após a morte, e, ressurreto não tem sangue é somente carne. De tanto, que o elemento da ceia nova será somente carne, não teremos sangue em nossas veias. Eis o que está escrito em João 6: 48 até 59 (ler).
NO REINO DOS CÉUS

A esposa de Zebedeu e mãe de Tiago e João, fez o pedido: Que um se assentasse à direita e o outro a esquerda de Jesus, no reino dos céus. Isso não era da alçada de Jesus, mas, da alçada do Pai. Na verdade no reino dos céus, no trono estarão sentados: O Pai no centro, incorporado no Filho Eterno; Jesus estará sentado à direita e na esquerda está Moisés. No reino dos céus Jesus não se chama mais Jesus, mas, Cordeiro. E Ele o Cordeiro é a lampada. Lampada é uma luz bem pequena que somente alumia um metro mais ou menos ao seu redor. Por que? Porque a luz maior que alumia toda a Jerusalém celeste é Deus o Pai. Apocalipse 21 e 22, mas, veja o ítem abaixo.

O PAI É MAIOR DO  QUE  EU
JOÃO 14: 28
Jesus Cristo veio ao mundo com uma função específica. João Batista foi muito claro ao se referir a Jesus, assim: João 1: 29 - "...Eis o Cordeiro de Deus, que tira o pecado do mundo!". Portanto, sem Jesus nós não somos nada, nem teremos salvação, pois, a salvação existe somente em Jesus, e, em ninguém mais. A função de Jesus é tirar o pecado de todos os seres humanos que O aceitarem, e, de todos os animais irracionais, pois, eles através da serpente pecaram também, assim, toda a criação em um tempo só, pecaram. Neste mundo, Jesus é a luz do mundo. (Pois, Ele é a vida eterna, está é a luz do mundo). No mundo vindouro Jesus é o Cordeiro e lampada. A lampada é uma luz menor e ilumia somente ao redor, realmente. Mas, Jesus é muito grande no reino do Pai, pois, Ele está à direita do Pai. O Pai falou que Jesus é o sacerdote para sempre segundo a ordem de Melquisedeque, mas, veja como Paulo fala Dele (Jesus) em Hebreus 8:  4 - "Ora, se ele estivesse na terra, nem mesmo sacerdote seria, visto existirem aqueles que oferecem os dons segundo a lei".  Agora, notem como Jesus no reino dos céus é muito grande. Você já prestou atenção como é feita a Jerusalém Celeste? É na Jerusalém Celeste que Jesus como Cordeiro, será o Sumo Sacerdote segundo a ordem de Melquisedeque. Os melquisedeques são da terra? Não, eles são celestiais. Então é uma ordem de sacerdotes celestiais e não terrenos. É isso que Paulo está dizendo: "se estivesse na terra nem sacerdote seria". Mas, no céu ele Jesus é Sumo Sacerdote eternamente. Esse sacerdócio Jesus realizará na Jerusalém Celeste, por que nela está o TEMPLO celeste por toda eternidade. Então, notem que Jesus de maneira alguma está sendo diminuido nos comentários acima, mas, sim exaltado. O caso de ele ser lampada, não é de maneira alguma diminuição, mas, é que ele está diante da maior luz do universo que é o Pai. O Pai estará sentado no trono e a luz Dele iluminou toda a Jerusalém. Apoc.21: 23. Nenhum filho é maior que o pai, e, este é também o caso de Jesus e do Filho Primogênito de Deus.

TRÊS PROMESSAS DE JESUS

Já no final de sua carreira aqui na terra, Jesus fez três promessas a seus discípulos e que servem para nós todos, pois, Jesus nos inseriu nessas promessas na oração sacerdotal, quando disse: João 17: 20 - "Não rogo somente por esses, mas também por aqueles que vierem a crer em mim, por intermédio da sua palavra". De tanto, que você e eu, estamos inseridos nas três promessas, e, temos que compreendê-las corretamente. Eis as três promessas: Primeira - João14: 16 e 17 - "16 - E eu rogarei ao Pai, e ele dará outro Consolador, a fim de que esteja para sempre convosco, 17 - o Espírito da Verdade, que o mundo não pode receber, porque não no vê, nem o conhece; vós o conheceis, porque ele habita convosco e estará em vós".; Segunda - João 14: 23 - "Respondeu Jesus: Se alguém me ama, guardará a minha palavra; e meu Pai o amará, e viremos para ele e faremos nele morada".; Terceira - Mateus 28: 20 - "ensinando-os a guardar todas as cousas que vos tenho ordenado. E eis que estou convosco todos os dias até a consumação do século". Esta última promessa, século está no singular na versão almeida da Bíblia, mas, na versão em castelhano de Scofield, está: "y hei aqui yo estoy con vosotros todos los dias, hasta el fin del mundo". E na versão católica romana Edições Paulinas, está: "Eis que estou convosco todos os dias até ao fim do mundo". Porém, na versão Almeida Revista e corrigida, está: e eis que estou convosco todos os dias, até a consumação dos séculos.  Fiz essa dilação, para que não paire nenhuma duvida quanto às traduções. 

ESPÍRITO DA VERDADE

PRIMEIRA PROMESSA

Entre a cristandade existe uma grande divergência, quanto ao Espírito da Verdade. Esse espírito é que nos leva a conhecer toda a verdade das Escrituras Sagradas. Sem ele não podemos ter revelações e compreenções das Escrituras Sagradas. É como se fossemos cegos nas leituras da Bíblia. Muitos teólogos misturam esse espírito com o Espírito Santo que é a terceira pessoa da Trindade, só porque está escrito no versículo 26 do capítulo 14 de João o seguinte: "Mas aquele Consolador , o Espírito Santo, que o Pai enviará em meu nome, vos ensinará todas as coisas e vos fará lembrar de tudo quanto vos tenho dito". O espírito santo aqui mencionado não é mais uma pessoa, mas, está se referindo ao Espírito da Verdade, que ele é santo e não a outro espírito. Portanto a menção é um adjetivo qualificativo e não um substantivo próprio. O Espírito da Verdade é que foi derramado no dia de Pentecoste e não o Espírito Santo componente da terceira pessoa da trindade. Com raríssimas excessões, as menções efetuadas nas Escrituras Sagradas como: Espírito Santo, está se referindo ao Espírito da Verdade. O Espírito Santo componente da terceira pessoa da trindade, é co-criador com o Filho Primogênito de Deus do nosso universo, e, ele não pode sair de nosso universo para nada, ao passo que o Espírito da Verdade, será tirado deste nosso universo quando do trasladamento dos cristãos. (arrebatamento). O Espírito da Verdade é o nosso Consolador, ele veio para ficar no lugar de Jesus que agora não está mais conosco pessoalmente. Leia João 15: 26.

FAREMOS NELE  MORADA

SEGUNDA PROMESSA

Essa é uma outra questão muito importante para compreendermos as ações de Deus o Pai e seu Filho Primogênito. Como eles farão morada em nós? Morar é estar dentro. Ora, ninguém jamais viu a Deus, como então, ele poderá vir fazer morada dentro de nós? Acontece que Deus o Pai, igualmente como disponibilizou para o Filho o Espírito da Verdade, ele o Pai tem também um Espírito que vem morar na pessoa, e, esse espírito chama-se: "AJUSTADOR DO PENSAMENTO" - livro de Urântia doc.1. Esse Espírito vem morar na pessoa quando ela tem mais ou menos cinco anos de idade, seja ela cristã ou atéia. Os cristãos são resididos então, por três espíritos: o Ajustador do Pesamento; o Espírito da Verdade e o Espírito Santo. Por isso é que somos templos, e, temos que nos santificar, sempre e sempre. 

PAREDE DA SEPARAÇÃO

È necessário compreendermos exatamente, desde o início da promessa de Deus, que fez a Abraão, e, ir até o fim do mundo, para comentar sobre a parede da separação.  Nós muito bem, sabemos o que é separação, e o que é parede, mas, sobre a temática de Paulo sobre isso, e, a narração na Bíblia, muitos teólogos e toda a cristandade não compreendem exatamente o que isso é. Porque a separação. O capítulo dois de Efésios é a total explicação da parede da separação, porisso, devemos compreendê-lo devidamente versículo por versículo. Do versículo 1 até 10, Paulo começa informar-nos da nossa longitude de Deus, por causa da nossa pecaminosidade e da falta de interesse do ser humano de buscar Deus da forma correta, razão pela qual Deus  mandou Jesus na forma de carne pecaminosa para sofrer em nosso lugar e morrer em nosso lugar, por causa do grande amor que Ele tem por nós. Daí a graça ser imerecida, pois, nada fizemos nós para largarmos de nossos pecados, mas, Cristo fez tudo por nós diante de Deus o Pai.
No caso do versículo três, ele Paulo, inclui os judeus quando fala: "também todos nós andamos outrora". O início de tudo, começou com a promessa feita a Abraão, quando ele ainda se chamava Abrão. Feita a promessa e passado algum tempo, Deus muda o nome de Abrão para Abraão, porque as bênçãos que os judeus descendentes de Abraão passaram a ter, seria estendida aos gentios também. Essa promessa esconde em seu bojo a multiplicidade de atos que seriam feitos tanto por Deus como pelos seres humanos. E essa multiplicidade de atos estão narrados nos versículos onze até o vinte e dois. Esses atos começam a serem mostrados, quando Jesus fala no capítulo cinco de Mateus assim: "Ouvites que foi dito, eu porém vos digo" mudando a lei cerimonial dada por Moisés, mas, não abolindo-a, somente suspendendo temporáriamente tais atos no Templo. No mesmo livro de Mateus nos mostra que o véu do templo se rasgou de alto a baixo, mostrando que naquele momento, devido a morte de Jesus, a parede foi totalmente destruída. Ela nunca mais irá se mostrar a todos nós. Dois atos importantíssimos ocorreram após a morte de Jesus na Cruz: Primeiro - O evangelho de Pedro; segundo - O evangelho de Paulo. É o que está em Gálatas 2:7. Assim nasceram sete igrejas, sendo quatro somente de gentios pela pregação de Paulo e três pela pregação de Pedro. São elas: Éfeso, Esmírna, Pérgamo e Tiatira. Estas são representativas dos gentios, e, são também, tipos de crstãos. As de Pedro: Sardes, Filadélfia e Laodicéia, estas são representativas dos judeus, como também, são tipos de cristãos. Todas as sete igrejas têm começo e fim. Porém, o evangelho de Pedro jamais terá fim aqui na terra, pois, Jesus virá para reinar e um novo templo será construído, e, novamente a lei cerimonial volta a ser exercida pelos sacerdotes, tal como está narrado nos capítulos 40 até o 47 de Ezequiel. Quando o mundo acabar, os dois evangelhos estarão unidos nos céus, e, serão exercidos na Jerusalém celestial, pois, são eternos.

São Paulo, 24/01/2024

Rev. Jonatas Chiprauski.

SÉCULOS DOS SÉCULOS

TERCEIRA PROMESSA

Note como Jesus foi bem claro, quanto ao fim do mundo e de sua volta para a terra, pois, ele afirmou que estará conosco todos os dias até a consumação dos séculos. Depois, que consumir os séculos Jesus não mais estará conosco, mas, nós é que estaremos com ele. Século quer dizer cem anos. Quantos séculos então teremos de esperar para a volta de Jesus? É possível saber isso? Ora, claro que é possível, senão Jesus não teria falado dessa maneira. Então onde está isso? Está na Bíblia é claro, mais especificamente no livro do profeta Oséias, no livro de Salmos e no livro de Pedro. Para a pregação do Evangelho, que é o ide por todo o mundo, Deus disponibilizou vinte séculos, ou seja, 2.000 anos. Dois mil anos acha-se assim: 20 séculos vezes 100 anos que é um século,  igual a 2.000 anos. Eis a transcrição dos textos mencionados: Oséias 6: 1 e 2 - "1 - Vinde,e tornemos para o Senhor, porque ele despedaçou e nos sarará, fez a ferida e a ligará. 2 - Depois de dois dias, (dois mil anos), nos dará a vida; ao terceiro dia, nos ressuscitará e viveremos diante dele". Salmos 90: 4 - "Porque mil anos são aos teus olhos como o dia de ontem que passou, e como a vigília da noite". 2ª de Pedro 3: 8 - "Mas, amados, não ignoreis uma coisa, que um dia para o Senhor é como mil anos, e mil anos, como um dia". Quando então começa os vinte séculos? Com o ministério de Jesus, e nos diz a Bíblia que ele começou o seu ministério com cerca de trinta anos de idade. Jesus tinha 30 anos de idade no dia 21/08/0031 da era cristã. Acrescentando 20 séculos sobre o dia 21/08/0031 chegaremos ao dia 21/08/2031, data essa provável do trasladamento (arrebatamento) dos cristãos. Mostrando com mais perfeição o cálculo: 21/08/0031 mais 730.486 dias (1.999.99959761280 x 365 = 730.000 dias, mais os bissextos que são 486 dias = 730.486 dias no total, chegamos no dia 21/08/2031. Estejamos preparados para esse grande dia em que iremos nos ajuntar com Jesus. Mas, ainda falta o terceiro dia de Oséias 6. Esse terceiro dia é o milênio. Portanto, a hist´ria de Jesus em nosso planeta é de 30 séculos, ou de 3.000 anos. 

A HISTÓRA TODA

Todo cristão, bem como os exegétas, estudam a Bíblia, sem se preocupar com os séculos, ou melhor sem se importar com os cálculos. Eles são muito importantes na compreensão dos feitos de Jesus Cristo. Quantos exegétas existem que realmente calcula os séculos mencionados nas Escrituras Sagradas? Muito pouco ou quase nenhum, com excessão de minha pessoa que procuro por todos os meios, compreender os séculos e onde começa os séculos. Quanto aos crentes, nenhum deles é estudioso dos séculos. Para vocês compreenderem os séculos vou mostrar as passagens bíblicas dos cálculos. Tudo começa com Jesus Cristo que nasceu no dia 21/08/0001 da era cristã. A partir desta data começa a contagem dos séculos que Jesus tanto pregou sobre eles. Para quem estuda a cronologia biblica, ela é muito fácil, e, é a seguinte: Oséias 6: 1 e 2; Mateus 24: 1 à 14; Apocalipse 8: 1; Apocalipse 8: 2 à 6; Apocalipse 8: 8 à 12; Apocalipse 9:1 à 21; Apocalipse 10 e 11: 1 à 19; Daniel 8: 13 e 14; Daniel 9:26 e 27; Daniel 11:40; Daniel 12: 1 à 13; Mateus 24:29 a 31; 1ª Tessalonicenses 5: 1 à 3; 1ª de Coríntios 15: 50 à 52; Mateus 24: 15 à 28; Apocalipse capitulos 12 à 15; Mateus 24:29 à 31 e finalmente Apocalipse 19. Somente um texto não está na ordem cronológica, os demais todos estão em ordem cronológica. Eu os conheço todos. Essa é a história do trabalho de Jesus até que chegue o milênio. Você consegue cáculá-los. Estou desafiando você a ter esses conhecimentos bíblicos para que não aconteça que você fique desapercebido como Paulo exortou assim: "1ª TESS. 5: 4 - MAS VÓS, IRMÃOS, NÃO ESTAIS EM TREVAS, PARA QUE ESSE DIA COMO LADRÃO VOS APANHE DE SURPRESA". Bem, o desafio está lançado. Mas, se você não sabe como calculá-los, então compre o meu livro: OS SETE SELOS DO APOCALIPSE. Nele está tudo escrito. Eis o link de compra: (https://www.smashwords.com/books/view/1151748)


TRÊS CADEIRAS NO TRONO CELESTIAL

Não foi sem nexo o pedido de Salomé Zebedeu à Jesus Cristo. Ele já havia ensinado que no céu, o trono é constituído de três lugares. Uma cadeira a esquerda, uma cadeira no centro e uma cadeira à direita. Só que Jesus não quis falar quem eram os ocupantes da esquerda e da direita. Salomé, então achou que esses lugares estavam desocupados e os pediu para seus filhos, Tiago e João. Eu pediria também. Creio que você também pediria para seus filhos. Lá venho eu com o tal do tempo de novo. Claro,não se pode ler a Bíblia sem colocar o tempo, pois, se isso não for feito a Bíblia fica muito imediatista, e irreal, o que ela não é. Vejam o que diz 1ª de Coríntios capítulo 15: 24. então para Jesus entregar o reino para o Pai, vai demorar alguns milênios, senão vejamos: TRABALHOS NA TERRA - Trasladamento dos cristãos restantes para formar o corpo de Jesus; Terceira guerra mundial; Ressuscitar todos os judeus, desde Abraão até  os que morrerem em nossos dias; Construir o templo em Jerusalém e a cidade de Jerusalém; Mil anos do milênio e da prisão de Satanás; quarta guerra mundial e Acabar o mundo com fogo. TRABALHOS NO CÉU- Em continuação, teremos: Julgamento no trono branco; Aniquilamento da primeira morte; Criação da segunda morte; Resfriamento da terra e céus; Construção da Jerusalém Celeste e Pregação do Evangelho de Luz e Vida em toda a criação de Deus. Feito os cálculos de probabilidades, isso tudo vai demorar mais ou menos 1.500.000.000 de anos terrestre. Só então o trono será colocado na Jerusalém Celeste no lugar chamado Santo dos Santos, e, Jesus então, poderá entregar o reino ao Pai. Quem serão as pessoas que ocuparão os lugares pedidos por Salomé Zebedeu? Na cadeira à esquerda sentará Moisés, representando a Aliança do Sinai; Na cadeira do centro sentará o Filho Eterno que incorporará a pessoa do Pai, pois Ele é a exata expressão do Pai. (Heb.1.2). E na cadeira da direita sentará Jesus Cristo, representando a Nova Aliança o Evangelho do novo nascimento criando novas criaturas filhos de Deus. Jesus foi para o céu no dia 18/05/0036 depois de Cristo ou era cristã, e, assentou-se no trono celestial. Então o trono celestial está completo agora, e, as funções são as seguintes: à esquerda está Moisés e a sua função é acusar os isrelitas insubordinados conforme Jesus falou em João5: 45 à 47 - "45 - Não penseis que eu vos acusarei perante o Pai; quem vos acusa é Moisés, em quem tendes firmado a vossa confiança. 46 - Porque, se de fato crêsseis em Moisés, também creríeis em mim; porquanto ele escreveu a meu respeito. 47 - Se, porém, não credes nos seus escritos, como  crereis nas minhas palavras?". No centro, isto é, na cadeira central, está sentado o Filho Eterno reinando no lugar do Pai até o tempo determinado da entrega do reino ao Pai; (1ª de Coríntios 15: 24); e na cadeira à direita está sentado Jesus, o Filho do homem. (É o corpo que Deus o Pai fez para o Filho Eterno encarnar - Hebreus 10: 5). A função de Jesus é interceder por nós, conforme está escrito em Romanos 8: 34 - "Quem os condenará? É Cristo Jesus quem morreu ou, antes, quem ressuscitou, o qual está à direita de Deus e também intercede por nós". A dualidade entre Jesus e o Filho Eterno, continuará eternamente. Pois, agora a dualidade será do Filho Eterno e de Deus o Pai que irá incorporar no Filho Eterno, quando ele entregar o reino ao Pai.

AS DUAS TESTEMUNHAS

Mesmo havendo várias ideologias sobre quem são as duas testemunhas, me atrevo a desafiar todas elas, tendo como base somente a Bíblia, e, nada mais. A primeira coisa que Deus fez após Adão e Eva pecarem, foi colocar um  castigo sobre os dois, e, que se tornou uma lei irrevogável, ei-la: Gênesis 3: 19 "...porque tu és pó e ao pó tornarás". Mas, existe outra ordenação de Deus sobre o homem, que foi dada muitos milênios depois, ei-la: Hebreus 9: 27 - "E, assim como aos homens está ordenado morrerem uma só vez, vindo, depois disto, o juízo". Como Deus é imutável, essas duas leis a respeito do homem, tambérm, são imutáveis, pois Deus é o mesmo ontem, hoje, e o será eternamente. Assim, as várias ideologias caem por terra, sem efeito algum, porque a Bíblia e somente a Bíblia pode nortear os conhecimentos humanos em termos teológicos. Você mesmo pode quetionar isso, e, se a Bíblia é para você a única regra de prática e fé, você não poderá admitir outra questão, a não ser a de que as duas testemunhas descritas no livro do Apocalipse, deverão morrer. Elas foram levadas para o céu em vida e Deus prolongou a vida delas, para que no devido tempo, elas voltem à terra façam o seus ministérios e morram, tornado-se em pó como determina a lei de Deus. Está claro ou não? Qualquer coisa fora desta idéia, é somente erro teológico e nada mais. Você que é leigo, ou seja não estudou teologia, pode verdadeiramente discutir isso e compreender que a lei de Deus está acima de toda e qualquer teologia sobre a morte do ser humano. DEUS NÃO MUDA. Então de quem estamos falando? Quem são as duas testemunhas? Quais os nomes delas? Somente duas pessoas não morreram até hoje dia 10/11/2023 às 15:15 horas GMT. Elas são Enóque e Elias. Mas, você pode ainda dizer que Moisés não morreu. Porém, a Bíblia afirma que Moisés morreu, de tanto que Satanás disputou o corpo morto de Moisés com o anjo Gabriel que o sepultou devidamente. Então sobram somente Enóque e Elias. Elas são as duas terstemunhas, e fim de papo. Podem dizer o que quizerem, não conseguirão mudar a Bíblia.

DE DOIS FEZ UM

EFÉSIOS 2: 14 À 16

14 - Porque ele é a nossa paz, o qual de ambos fez um; e, tendo derribado a parede da separação que estava no meio, a inimizade, 15 - aboliu, na sua carene, a lei dos mandamentos na forma de ordenanças, para que dos dois criasse, em si mesmo, um novo homem, fazendo a paz. 16 - e reconciliasse ambos em um corpo com Deus, por intermédio da cruz, destruindo por ela a inimizade. Desde o dia em que Deus deu a Moisés a maquete do Tabernáculo no monte Sinai, já estava exposto as duas alianças de Deus para com os homens. O tabernáculo tem dois lugares muito importante em termos de adoração. São eles: "O lugar Santo" e o lugar "Santo dos Santos", tendo um véu entre os dois lugares para a devida separação. O lugar Santo é a representação da primeira aliança de Deus para com os homens. Essa aliança tem os seus deveres de adoração emanadas da lei mosáica, sendo a circuncisão o selo desta aliança. O véu, é a parede da separação que é a inimizade tal como está escrito em Efésios 2: 12 - "Naquele tempo, estáveis sem Cristo. separados da comunidade de Israel e estranhos às alianças da promessa, não tendo esperança e sem Deus no mundo". Essa é a inimizade entre judeus e gentios, porque eles tinham a aliança e os gentios não tinham aliança. O lugar santo dos santos é a representação da segunda aliança ou seja, é a aliança que une os dois: Judeus e Gentios, fazendo uma só pessoa. Isto é, não tendo mais distinção entre judeus e gentios, essa nova aliança é chamada de: Aliança da Graça, sendo o selo desta aliança a Ceia do Senhor. A nova aliança foi sacramentada em sete igrejas, que são sete tipos de cristãos, as quais são; Eféso, Esmirna, Pérgamo e Tiatira, estas quatro Igrejas são representativas dos gentios e são tipos de cristãos, as demais três igrejas são repsentativas dos judeus, e, são: Sardes, Filadélfia e Laodicéia, que tambem são tipos de cristãos.

OS QUATRO TIPOS DE CRISTÃOS

Os cristãos tipos das quatro primeiras igrejas, não perdem jamais a salvação, porque eles somente serão inscritos nos livro da vida do Cordeiro, no momento exato de sua morte. O período do dia que ele se converte até o dia de sua morte, é um período de teste se quer ou não servir a Jesus. Razão pela qual Jesus disse em Mateus 24: 13 - "Aquele, porém, que perseverar até o fim, esse será salvo". Assim é, que Deus tem prazer na morte dos seus filhos, conforme está escrito no Salmos 116: 15 -"Preciosa é aos olhos do Senhor a morte dos seus santos". Os nomes desses cristãos jamais serão riscados do livro da vida do Cordeiro.

OS TRÊS TIPOS DE CRISTÃOS

Os cristãos tipos das três últimas igrejas, pérdem a salvação, porque eles são registrados no livro da vida do Cordeiro, no dia de seu nascimento aqui na terra, por causa da promessa feita por Deus a Abraão. Se eles seguirem a Jesus até o fim de suas vidas, permanecerão registrados no livro, mas, se não seguirem a Jesus, serão sumariamente riscados do livro e não entrarão no repouso determinado por Deus. O período de teste é desde o nascimento até a morte, também. Eis o que está escrito em Apocalipse 3: 5 - "...e de nenhum modo apagarei o seu nome do livro da vida".

EIS QUE FAÇO NOVAS TODAS AS COUSAS

O nosso mundo vai mesmo acabar.  De hoje dia 13/12/2023 até o fim do mundo ainda existe um milênio e poucos anos. Mas, a promessa de Deus é extraordinária. Ele irá refazer o mundo e nunca mais irá destruí-lo. No novo mundo a lua não mais existirá, conforme está escrito em Salmos 72:7 - Floreça em seus dias o justo, e haja abundância de paz até que cesse de haver lua".  E no lugar dela será colocada a Jerusalém celeste. 

JERUSALÉM CELESTE

Ela será construida toda em ouro, e, sua dimensão será: comprimento - 12.000 estádios vezes 178 metros, temos 2.136.000 metros ou dois quilômetros e mais 136 metros; sua largura é igual e sua altura também é igual. A cidade é totalmente coberta, e, possui uma muralha que mede: 144 côvados vezes 0,66 centímetros, temos: 95,04 metros de altura da muralha. Como a muralha cincunda toda a cidade, e, deixando uma área de circulação e estadia de mais ou menos 109,1 côvados, que dará um espaço medindo 72 metros, então o espaço dentro da muralha medirá exatamente 2.136 quilômetros mais 72 metros, que é igual a 2.208 quilômetros. Esses 2.208 quilômetros é também, o comprimento e a largura da muralha e a altura será de 95,04 metros. A cidade terá doze portas, e consequentemente terá doze portões na muralha, ficando assim: Primeira porta: Rubem, segunda porta: Simeão, terceira porta: Levi,  estas portas se localizam a leste. Quarta porta: Judá, quinta porta: Issacar, sexta porta: Zebulom, estas portas se localizam ao norte. Sétima porta: Gade, oitava porta: Aser, nona porta: José, estas portas se localizam ao sul. Décima porta: Benjamin, décima primeira porta: Dã e décima segunda porta: Naftali, estas portas se localizam a oeste. As portas são de pérolas e de mesma qualidade e valor.
Da mesma forma os portões. Primeiro portão: Simão Pedro, pedra preciosa Jaspe, segundo portão: André, pedra preciosa Safira, terceiro portão: Tiago Zebedeu, pedra preciosa Calcedônia. Estes portões se localizam a leste. Quarto portão: João Zebedeu, pedra preciosa Esmeralda, quinto portão: Filipe, pedra preciosa Sardônio, sexto portão: Bartolomeu, pedra preciosa Sárdio. Estes portões se localizam ao norte. Sétimo portão: Tomé, pedra preciosa Crisólito, oitavo portão: Mateus, pedra preciosa Berilo, nono portão: Tiago Alfeu, pedra preciosa Topázio. Estes portões se localizam ao sul. Décimo portão: Tadeu, pedra preciosa Crisóprazo, décimo primeiro portão: Simão Zelote, pedra preciosa Jacinto, décimo segundo portão: Matias, pedra preciosa Ametista. Estes portões se localizam a oeste. É evidente que os valores das pedras são diferentes, começando com a mais cara e terminando com a mais barata. Isto significa que o evangelho pregado tem também, valores diferentes. A muralha é constItuida dos cristãos e cada um tem o seu valor. Razão pela qual cada cristão recebeu o seu galardão das mãos de Jesus Cristo.
 A largura  da  pedra  será de 184 metros lineares  ou  17.487,36 metros cúbicos.

São Paulo, 13/12/2023
Reverendo Jonatas Chiprauski

{limao pequeno}Sabedoria

{limao pequeno}index